logo-liga.png
CRE-TEA.png

CENTRO DE REFERÊNCIA ESTADUAL PARA PESSOAS COM TRANSTORNO DO ESPECTRO (CRE-TEA)

 

Pioneiro no Brasil, o Centro de Referência Estadual para Pessoas com Transtorno do Espectro Autista (CRE-TEA) é uma unidade da Secretaria de Saúde do Estado (SESAB) gerida pela Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil (LABCMI).  


A CRE-TEA é o primeiro centro no Brasil com um modelo docente-assistencial de matriciamento e capacitação da rede de saúde e educação pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O matriciamento tem como finalidade sensibilizar os gestores municipais para o fortalecimento da atenção às pessoas com TEA.

 

Localizado no bairro do Campo Grande, o CRE-TEA funciona no prédio da antiga Escola de Puericultura Raymundo Pereira de Magalhães, fundada pela LABCMI em 1937. No imóvel, funcionou, ainda, o primeiro Banco de Leite Materno do país.

 

Hoje, o centro conta com salas equipadas para estimular o desenvolvimento cognitivo dos pacientes, além de uma equipe multidisciplinar formada por neuropediatra, fonoaudiólogo, psiquiatra, psicólogo, fisioterapeuta, entre outros.